Rede 8 de Março

Agir, intervir, pensar, criar, desconstruir, juntar, transformar – Feminismo

Mini-mostra de cinema feminista

Teatro do Bairro | R. Luz Soriano, 63, Bairro Alto – Lisboa

Entrada livre

15h |Sessão I |O Pessoal é Político

Babás|Consuelo Lins, Flavia Castro|22’ / Brasil / 2010
Fotografias, filmes de família e anúncios de jornais do século XX constroem uma narrativa pessoal sobre a presença das babás (amas) no quotidiano de inúmeras famílias brasileiras. Uma situação em que o afeto é genuíno, mas não dissolve a violência, evocando em alguns aspetos o nosso passado escravocrata.
M12

O Terceiro Olhar |Joana Louçã, Juliana Alves e Alex Campos | 23’ / Argélia/Portugal / 2010
Legendado em português.
“O terceiro olhar”, do Projecto Olhares Nómadas, foi filmado por mulheres do campo de refugiados Saharaui de Dajla (Argélia), num workshop, durante os 5 dias do FISAHARA 2010 (Festival Internacional de Cinema do Sahara).
No campo de refugiados de Dajla, há 20 anos vivem milhares de saharauis, numa espera forçada por um referendo pela independência do seu país, que nunca acontece. Vivem no “deserto do deserto”, com escassez de água, eletricidade e alimentos. Ao longo dos cinco dias, umas famílias abrem as suas casas, sua cultura, músicas, histórias, reivindicações, sonhos e quotidiano para o mundo. Filmam, falam, cantam… na esperança da mudança. Acreditando que nas entranhas do corpo social existe uma potencialidade de migrar o olhar, lançando laços de comunicação entre diferentes pontos de vista, Olhares Nómadas propõe revitalizar as raízes de diferentes comunidades, junto aos seus protagonistas, com a câmara como ferramenta para comunicar e desenvolver o seu próprio olhar como motor social.
M12

16h20 |Sessão II | A minha avó também é feminista

Black Panthers | Agnès Varda |30’ / França / 1968
Legendado em inglês.
Este filme foi rodado durante o verão de 1968, em Oakland, Califórnia, em torno dos encontros organizadas pelo movimento Black Panthers pela libertação de Huey Netwon, um dos seus líderes, com o objetivo de transformar o seu julgamento num debate político. Estas pessoas tentaram e conseguiram captar a atenção dos Estados Unidos. As mulheres integram este movimento, lado a lado com os homens, desconstruindo o ideal de beleza fixado num normativo ocidental e reclamam a afirmação das suas origens africanas, tomando a palavra e pegando em armas.
M12

17h45 | Sessão III |Des-Construir

Fille ou garçon, mon sexe n’est pas mon genre / Girl or boy, my sex is not my gender |Valérie Mitteaux |61’ / França / 2011
Legendado em português.
Nascer mulher, sentir-se homem e decidir atravessar a fronteira entre os géneros, este é o caminho de Lynnee, Rocco, Kaleb e Miguel. Em San Francisco, Nova Iorque, Paris e Barcelona, eles incorporam e exploram essa fluidez do género. Esta viagem obriga-os a inventar novos padrões: como se comportar como um rapaz, se foi criado como uma menina? Como conviver com os privilégios do machismo, sob os quais anteriormente se foi oprimida? O percurso destas pessoas trans questiona o próprio conceito de género. Ser mulher, ser homem – o que significa isso? Implica escolher entre diferentes formas de agir e de estar no mundo? É realmente possível corresponder aos modelos que nos são atribuídos? Viver num entre-dois-géneros será uma ideia mentirosa? Este filme oferece um olhar informado e vivido sobre a relação entre o feminino e o masculino em colisão com as normas da sociedade atual. Estreia absoluta em Portugal.
M12

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Join 14 other followers

%d bloggers like this: